Festa da Misericórdia é celebrada neste domingo

jesus misericordiosoNeste segundo Domingo da Páscoa, 28 de abril, a Igreja celebra a Festa da Divina Misericórdia. Na Catedral, a celebração especial será a partir das 15h30, seguida de missa.

A festividade foi instituída em 23 de maio de 2000, a partir das revelações de Jesus à Santa Faustina. A celebração passou a ser intitulada "Domingo da Divina Misericórdia", celebrada sempre no segundo domingo da Páscoa.

A Igreja celebra a solenidade e concede indulgência plenária aos fiéis que cumprirem as seguintes condições: realizar a confissão sacramental, comungar no dia da festa, rezar pelas intenções do papa e fazer as orações do Pai Nosso, Ave Maria e Credo.

Venha com sua família para participar desta bela festividade!!!

Missionários da Arquidiocese de Juiz de Fora visitam casas e levam doações ao Haiti

Haiti-1Desde a última segunda-feira, 22 de abril, quatro missionários da Arquidiocese de Juiz de Fora estão no Haiti. O grupo, que faz parte da “Missão Continental JF/Haiti”, é formado pelos padres Pierre Maurício de Almeida Cantarino e Everaldo José Sales Borges, pela médica pediatra Dra. Magda Vênus Mendes Condé e pelo empresário Valmir de Castro Pinto.

A iniciativa é realizada em conjunto com os Freis Franciscanos na Providência de Deus, que já estão estabelecidos por lá. Durante o tempo de estadia, os missionários ajudam no atendimento à saúde e realizam visitas às casas das famílias atendidas pelos franciscanos, onde deixam bênçãos e doações de alimentos. Na sede da Obra, os padres da Arquidiocese de Juiz de Fora ainda se revezam na celebração de missas diárias e na condução das orações junto a jovens e crianças.

Em entrevista à Rádio Catedral, Padre Everaldo comentou a luta dos haitianos por sobrevivência; a população recorre aos trabalhos manuais e à informalidade para conseguir se manter. “Nossa primeira visão foi de um país muito devastado pelas catástrofes naturais que aconteceram, mas também pelas necessidades da população. Existem as necessidades humanas, que são aquelas que dizem respeito à manutenção da vida, mas existe também um desejo de fazer um caminho espiritual. A gente percebe que as pessoas são muito acolhedoras, têm uma consideração e um respeito enorme pelos padres, pelos leigos católicos que vêm. A Igreja Católica tem um lugar especial no coração deles”.

O sacerdote se diz tocado do ponto de vista humanitário e também do espiritual, que acabam sendo duas frentes de trabalho com aquele povo. “É uma terra fértil, em que se plantando eu penso que tudo será produzido, tudo poderá florescer. Aquela terra que é a terra física, mas a terra humana também, a terra do coração das pessoas, que apesar de todas as situações, são alegres, de bem com a vida e que têm sede de receber propostas para fazer um caminho. Eu não tenho dúvida de que o Senhor nos chama, nos convida e nos envia para trabalhar como missionários da solidariedade humana e para a salvação das pessoas”.

Padre Pierre e Dra. Magda estiveram no Haiti em 2018 e, agora, ao retornarem, reencontraram muitas pessoas que haviam conhecido na viagem anterior. “Em relação ao ano passado para este ano nós pudemos perceber um pouco de melhora naquilo que tange o lixo. Nós observamos que a cidade está um pouco mais limpa. Segundo o Frei Gabriel, é por conta dos festejos da Páscoa. Reviver, reencontrar com as pessoas foi uma grata satisfação”, conta o presbítero.

“Para nós tem sido uma grande alegria, uma grande satisfação estar aqui junto ao povo haitiano, recebendo o carinho dessa gente tão querida, tão amada pela nossa Arquidiocese. Peço que continuem unidos a nós em oração e nós continuamos aqui com o nosso trabalho, fazendo com que a Igreja de Juiz de Fora, juntamente com a Arquidiocese de Porto Príncipe, tenham sempre essa ligação fraterna e irmã”, finaliza Padre Pierre.

Os missionários juiz-foranos ficam no Haiti por dez dias. Segundo Padre Everaldo, a intenção é conhecer novos locais para ampliar a missão. “Nós vamos visitar outras obras e conhecer as possibilidades que nós temos de ampliar a nossa ação missionária nessa área do mundo, nesse lugar do mundo onde a Igreja já está presente mas chama para nossa colaboração”.

O projeto “Missão Continental Juiz de Fora/Haiti” tem, como objetivo geral, “promover a construção de uma cultura de amor, desenvolvendo e fortalecendo pensamentos e atitudes que visem o resgate da dignidade humana de todos os envolvidos através de ações em saúde e educação”. Para quem quiser conhecer um pouco mais a iniciativa e, quem sabe, ajudar de alguma forma, basta acessar o site www.missaojfhaiti.org.

* Fonte: site da Arquidiocese JF, com informações do site da Rádio Catedral

Reunião do CPP acontece hoje (25)

comunicadoOs coordenadores de pastorais, movimentos, grupos, associações e ministérios da Catedral têm um encontro marcado hoje, 25 de abril, às 19h30. Trata-se da Reunião do Conselho Pastoral Paroquial – CPP.

A programação da reunião conta com momentos de oração e partilha de experiências e de ações. Nesta reunião serão tratados assuntos como a avaliação da Semana Santa 2019, na Catedral. E, também, sugestões para a Festa de Santo Antônio deste ano, entre outros.

Os coordenadores que não estiverem presentes devem justificar a ausência com a coordenadora do CPP, Ana Maria Chevitarese.

Leia mais

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades da Catedral.
  1. Facebook
  2. Twitter
  3. Instagram
  4. Video