Católicos celebram Dia de Ação de Graças

orarA Igreja Católica no Brasil celebra o Dia de Ação de Graças na quarta quinta-feira do mês de novembro, que neste ano será dia 25. A data é um convite para que todos os cristãos católicos reconheçam e agradeçam as graças que Deus concede a cada um de seus fiéis.

Na Catedral, a data será comemorada com missas às 07h (somente presencial) e 12h (presencial e transmitida). A transmissão da celebração de 12h será pelo Facebook e Youtube da WebTV A Voz Católica e pela Rádio Catedral FM 102,3.

Saiba como surgiu

O Dia de Ação de Graças foi instituído no Brasil, em 1949, pelo presidente Eurico Gaspar Dutra. Em 1965, estabeleceu-se festejar a data em todo o território brasileiro sempre na 4ª quinta-feira do mês de novembro.

Solenidade de Cristo Rei e abertura da JMJ 2023 na Arquidiocese são celebradas na Catedral

missa cristo-rei jmj-2023Neste domingo, dia 21, a Igreja celebrou a Solenidade de Cristo Rei e a data foi comemorada em Santa Missa presidida, na Catedral, pelo arcebispo metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira. Concelebraram o administrador paroquial da Catedral, padre José de Anchieta e o assessor da Pastoral Juvenil, padre Luiz Roberto Magalhães Leite (Zucka). A missa também contou com a participação do diácono permanente, Antonio Valentino, e do Coral Benedictus.

O pastor destacou o momento de ação de graças e louvor por Deus que nos ajudou a superar este momento de pandemia que vivemos. “Estamos celebrando a Solenidade de Cristo Rei do Universo e encerramento do Ano Litúrgico, é um momento de ação de graças e de louvor. Agradecemos a Deus que nos abençoou neste ano, nos ajudou a vencer, ao menos em parte, os impactos da pandemia. Louvamos a Deus pelo ano que termina e pedimos a bênção de Cristo Rei do Universo para toda a nossa existência.”

Dom Gil explicou que mesmo com todas as dificuldades, Cristo nos ajuda a vencer se persistimos no caminho da Verdade. “É um momento de louvar a Cristo que é Rei dos nossos corações, quem anda com Ele não erra, o Reino de Cristo é o Reino da Verdade, portanto acompanhar a Cristo é estar sempre na verdade. Ainda que hajam sofrimentos, dificuldades, incompreensões, problemas e doenças, Cristo está conosco e se nós andamos com Ele a vitória é certa, porque o seu Reino é de vitória”, ilustrou.

A Missa também marcou o lançamento Arquidiocesano da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2023, que será realizada em Lisboa, Portugal, em Agosto. Conforme Dom Gil, em frente a Cruz da Juventude, é o momento de conclamar os jovens a se organizarem para o grande evento. “Com o coração unido ao nosso amado Papa Francisco e a tantas dioceses do mundo inteiro lançamos a Jornada Mundial da Juventude 2023 e conclamamos os jovens da nossa Arquidiocese, para irem se organizando para irmos à Portugal onde será realizada a JMJ desta vez.”

missa cristo-rei jmj-2023 2O pastor falou sobre o histórico da Cruz da Jornada de nossa Arquidiocese. “Ela foi abençoada no dia 27 de novembro de 2011 preparando a JMJ do Rio de Janeiro, está fazendo 10 anos essa Cruz vem sendo símbolo forte de toda a juventude Arquidiocesana de Juiz de Fora e é uma réplica da Cruz que o Papa entrega aos jovens de onde será realizada a Jornada e é uma Cruz peregrina”, completou.

De acordo com o arcebispo, esse momento é importante para que todos possam ouvir da Igreja nesta próxima Jornada Mundial da Juventude a palavra de Maria, nos dando o exemplo de que não podemos perder tempo. “Queremos conclamar a juventude para que possamos irmos juntos a Lisboa em 2023 para ouvir da Igreja a palavra a respeito de Maria, que foi apressadamente nos dando o exemplo que não podemos perder tempo no anúncio do Evangelho e na proclamação de Jesus Cristo, como Senhor dos nossos corações”.

Segundo o Assessor da Pastoral Juvenil da Arquidiocese, padre Zucka, devemos ter pressa para encontrar Jesus Cristo e a Jornada Mundial da Juventude vem para iluminar nossos jovens nesse sentido. “Oração que hoje se destina a todos nós e nessa oração com Maria fazer com que realmente tenhamos pressa para encontrar Jesus Cristo que com certeza nos leva a celebrar e ao mesmo tempo a partilhar e a viver esse momento tão importante da vida dos nossos jovens, a JMJ que acontecerá de 1º a 06 de agosto do ano de 2023, você é nosso convidado, desde já com a sua oração contribuímos assim para que essa Jornada venha iluminar a vida dos nossos jovens, que sempre tenham a pressa de Maria de encontrar Jesus Cristo”, ressaltou.

Ao final da celebração, alguns jovens prestaram uma homenagem à Nossa Senhora. De um lado da Igreja entraram jovens vestidos de pastores com a imagem de Nossa Senhora de Fátima e com a bandeira de Portugal, já do outro entraram jovens vestidos de pescadores com a imagem de Nossa Senhora Aparecida e a bandeira do Brasil.

Origem da Solenidade de Cristo Rei

A Solenidade de Cristo Rei, celebrada neste domingo, 21 de novembro, marca o fim do Ano Litúrgico da Igreja Católica. Instituída em 1925 pelo Papa Pio XI, a data coloca os cristãos frente à realeza de Jesus, que não deve ser entendida à maneira dos reis deste mundo, mas de acordo com a lógica de Deus. Além disso, o último domingo do Ano Litúrgico marca o dia dos leigos e leigas, recuperando a importância do laicato na vida eclesial.

Confira as fotos da celebração em nosso Facebook.

Assembleia Regional de Pastoral do Regional Leste 2 da CNBB chega ao final nesta quinta-feira

Assembleia-Regional-de-PastoralNa manhã desta quinta-feira (18) foi promovida uma Celebração Eucarística de encerramento da Assembleia Regional de Pastoral Leste 2 presidida pelo presidente, Dom José Carlos de Souza Campos; o secretário, Dom Geovane Luís da Silva; o vice-presidente do Regional Leste 3, Dom Paulo Bosi Dal’Bó e pelo secretário executivo do Leste 3, Pe. Roberto Marcelino de Oliveira.

Os (Arce)Bispos das (Arqui)Dioceses que perderam Padres, Diáconos e Bispo Emérito, recentemente, entraram na Capela carregando uma vela acesa em homenagem aos 25 falecidos. Além dos pastores que caminharam com o povo de Deus em Minas Gerais e no Espírito Santo, as 612 mil vítimas da Covid-19 em todo o Brasil foram lembradas na homenagem.

Na ocasião, a presidência agradeceu o serviço prestado pelo Pe. Roberto Marcelino nos últimos seis anos e acolheu o Pe. Rodrigo Souza da Silva, que dará continuidade nas ações do Regional a partir do próximo ano.

Resumo da Assembleia

O evento foi realizado em formato híbrido, com os Arcebispos, Bispos e Administrador diocesano reunidos na Casa de Retiros São José, em Belo Horizonte (MG), e os bispos eméritos, coordenadores diocesanos de pastoral, representante dos presbíteros, formadores, as coordenações de Pastorais, Movimentos e Organismos virtualmente.

As reflexões da Assembleia foram norteadas a partir do tema “Formação inicial e permanente do clero”. O Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, Presidente da Comissão de Comunicação e Cultura do Regional, participou da Assembleia e fez um balanço do encontro. “A primeira parte constou de estudos sobre a vida do presbítero, sobre acompanhamento psicológico em casos especiais e sobre estatística sobre incidência da covid-19 sobre o clero. Os estudos muito proveitosos, de muita utilidade para nós bispos, e também para os padres que estavam acompanhando de casa. Depois também tivemos também uma parte pratica em que organizamos o calendário de 2022, com reuniões presenciais, se possível”.

Logo no primeiro dia do encontro, a Comissão para Comunicação e Cultura do Regional Leste II da CNBB, decidiu prestar justa homenagem ao Padre Andrey Cássio Nicioli Silva, da Arquidiocese de Pouso Alegre, falecido em 18 de outubro de 2021, criando o prêmio anual que terá como título “Concurso de Comunicação Padre Andrey”.

No segundo dia, o destaque foi o painel sobre a “Conjuntura Eclesial da CNBB, Assembleia Geral e o Sínodo”, sob a assessoria de Dom Ricardo Hoepers, bispo da Diocese de Rio Grande (RS) e bispo referencial da Pastoral Familiar.

Para o Arcebispo de Juiz de Fora, o estudo sobre o Sínodo, que visava instruir as dioceses para promoverem a fase diocesana em preparação para o Sínodo dos Bispos, foi chamou a atenção. “A participação dele foi muito interessante, porque foi um diálogo muito fácil com ele. Também pediram para eu dar um testemunho sobre o nosso sínodo arquidiocesano e expliquei sobre o I e II Sínodo”, contou o Pastor.

O terceiro e último dia, foi dedicado a Sessão reservada entre os participantes, no Salão São José e posterior encerramento das atividades. O evento contou com celebrações diárias, presididas pelos Bispos e Arcebispos participantes.

Dentre as importantes pautas tratadas ao longo dos dias estão: a Assembleia Latino-Americana, que acontecerá na próxima semana; o desmembramento da comissão bíblico-catequética; a despedida dos bispos do estado do Espírito Santo, devido a instalação do Regional Leste 3 no próximo mês.

Em virtude do desmembramento do Regional Leste 2, foram realizadas eleições para substituir alguns membros de comissão e da diretoria. Novos membros eleitos: Dom Esmeraldo Barreto de Faria (Bispo de Araçuaí) – Vice-presidente; Dom José Eudes Campos do Nascimento (Bispo de São João del-Rei) – Presidente da Comissão de Bens Cultural; Dom Darci Nicioli (Arcebispo de Diamantina) – Membro do Conselho Fiscal;

Além disso, foram recebidos e apresentados os novos bispos eleitos recentemente: Monsenhor Lauro Sérgio Versiani Barbosa, Monsenhor de Oliveira Medeiros e Monsenhor Joel Maria dos Santos.

Fonte: site da Arquidiocese de Juiz de Fora, com informações do Regional Leste 2 e Rádio Catedral de Juiz de Fora

Leia mais

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades da Catedral.
  1. Facebook
  2. Twitter
  3. Instagram
  4. Video