Padre Anchieta comemora aniversário natalício

pe anchietaNeste sábado, 02 de abril, nosso administrador paroquial, padre José de Anchieta Moura Lima, comemora seu aniversário natalício. Padre Anchieta é natural de Guiricema e foi ordenado sacerdote em 04 de agosto de 1985, seu lema de ordenação é: "Quero ser livre para pregar o Evangelho”, baseado na primeira carta de São Paulo aos Coríntios que diz: “Ai de mim se eu não evangelizar” (1Cor 9, 16).

Já atuou em outras paróquias da Arquidiocese de Juiz de Fora, Nossa Senhora do Rosário (Bocaina de Minas-MG), Santo Antônio (Passa Vinte-MG), Santuário Senhor Bom Jesus do Livramento (Liberdade-MG), São Sebastião (Santos Dumont-MG), Nosso Senhor do Bonfim (Aracitaba-MG), Nossa Senhora da Conceição (Conceição do Formoso - Distrito de Santos Dumont-MG), São João Batista (São João da Serra - Distrito de Santos Dumont-MG), São Sebastião (Juiz de Fora-MG), Nossa Senhora da Assunção (Juiz de Fora-MG), Nosso Senhor dos Passos (Rio Preto-MG), Santa Bárbara (Santa Bárbara do Monte Verde-MG) e São Sebastião (São Sebastião do Barreado – Distrito de Santa Bárbara do Monte Verde-MG).

Na Paróquia Nossa Senhora da Saúde (Juruti - Diocese de Óbidos, no Pará), chegou a ser vigário, depois pároco e também formador do Propedêutico. No final de 2011, início de 2012 voltou para Juiz de Fora como vigário paroquial de Benfica e também como reitor do Seminário Menor e em 2015 foi nomeado pároco da Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Benfica (Juiz de Fora-MG). Atualmente é administrador paroquial da Catedral Metropolitana de Juiz de Fora-MG (Paróquia Santo Antônio).

Desejamos que Deus continue derramando bênçãos sobre a vida do padre Anchieta e que a missão de discípulo missionário na construção do Reino seja sempre iluminada pela luz do Espírito Santo. Parabéns!

Catedral realiza celebração da escuta para o Sínodo Romano 2021-2023

sinodo romanoNesta terça-feira, dia 29 de março, foi realizada na Catedral, a celebração da escuta para o Sínodo Romano 2021-2023, o momento formativo reuniu pastorais, movimentos, associações e grupos de serviço nesta primeira etapa para ouvir a base da Igreja.

Sínodo é uma grande celebração, feita em várias etapas. No caso do Sínodo de 2023, os trabalhos começam nas bases: o Papa quer ouvir a todos. A primeira fase é a chamada “Escuta do Povo de Deus”, à qual segue uma fase Continental. Os trabalhos culminarão com a Assembleia Geral dos Bispos em 2023, no Vaticano.

Uma Igreja sinodal, ao anunciar o Evangelho, “caminha em conjunto”. E essa foi a principal motivação do momento celebrativo dirigido pelo nosso administrador paroquial, padre José de Anchieta Moura Lima e pela coordenadora do Conselho Pastoral Paroquial, Ana Maria Chevitarese.

O nosso diácono permanente Waldeci Rodrigues fez uma breve e clara explicação sobre o significado da logomarca do Sínodo Romano 2021-2023 (a qual segue um resumo abaixo). A secretária do Centro Arquidiocesano de Pastoral João Paulo II, Ana Maria Roberto, esclareceu sobre a dinâmica da árvore realizada durante a celebração, mostrando a importância de cada pessoa e grupo para a Igreja como um todo.

Significado da logomarca do Sínodo Romano 2021-2023

Sinodo-2023Uma grande árvore majestosa, cheia de sabedoria e luz, atinge o céu. Sinal de profunda vitalidade e esperança, exprime a cruz de Cristo. Traz a Eucaristia, que brilha como o sol. Os ramos horizontais se abrem como mãos ou asas e sugerem, ao mesmo tempo, o Espírito Santo.

O povo de Deus não é estático: está em movimento, em referência direta à etimologia da palavra sínodo, que significa “caminhar junto”. As pessoas estão unidas pela mesma dinâmica e respiram da Árvore da Vida, a partir da qual iniciam sua jornada.

Essas 15 silhuetas resumem toda a nossa humanidade em sua diversidade de situações de vida, gerações e origens. Este aspecto é reforçado pela multiplicidade de cores vivas que são, elas próprias, sinais de alegria. Não há hierarquia entre essas pessoas que estão todas no mesmo nível: jovens, velhos, homens, mulheres, adolescentes, crianças, leigos, religiosos, pais, casais, solteiros, deficientes; o bispo e a freira não estão a frente deles, mas entre eles.
Muito naturalmente, as crianças e depois os adolescentes abrem o caminho, referindo-se as palavras de Jesus no Evangelho: “Eu te louvo, Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas aos sábios e entendidos e revelastes aos pequeninos ” (Mt 11,25)

A linha de base horizontal: “Por uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão”, vai da esquerda para a direita no sentido de uma marcha, sublinhando e reforçando-a, terminando com o título “Sínodo 2021-2023”: o ponto culminante que resume tudo.

Mons. Luiz Carlos comemora aniversário natalício

aniversario monsHoje, 29 de março, nosso vigário paroquial, monsenhor Luiz Carlos de Paula, comemora seu aniversário natalício. Mons. Luiz Carlos é natural de Santa Rita de Jacutinga e foi ordenado sacerdote em 5 de dezembro de 1987, seu lema de ordenação é: "Sei em quem acreditei" (2Tm 1,12).

Já atuou em outras paróquias da Arquidiocese de Juiz de Fora nas cidades de Santa Rita de Jacutinga - MG, Passa Vinte-MG, Lima Duarte-MG, Conceição de Ibitipoca -MG, Olaria-MG e em Juiz de Fora, na Paróquia Bom Pastor. Atualmente é vigário geral da Arquidiocese de Juiz de Fora, vigário paroquial na Catedral Metropolitana e reitor do Seminário Arquidiocesano Santo Antônio.

Desejamos que Deus continue derramando bênçãos sobre a vida do monsenhor Luiz Carlos e que a sua missão de discípulo missionário na construção do Reino seja sempre iluminada pela luz do Espírito Santo. Parabéns!

Leia mais

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades da Catedral.
  1. Facebook
  2. Twitter
  3. Instagram
  4. Video